Refletindo sobre o dia mundial em memória das vítimas de trânsito
O DIA MUNDIAL EM MEMÓRIA DAS VÍTIMAS DE TRÂNSITO que comemoramos neste terceiro domingo de novembro tem sido ao longo dos anos apenas mais um domingo de praia, praças, clubes, campings e outras formas de laser para as famílias que se reúnem com os amigos para promover churrascos, festas e confraternizações onde invariavelmente para finalizar este dia de festa a bebida e a direção se encontram para produzir novos índices estatísticos de mortos e sequelados pela violência do trânsito, aumentando os números da terrível memória do Dia Mundial em memória das vitimas de trânsito.

Continuamos inertes a ação do trânsito nas nossas vidas, não conseguimos sequer numa data comemorativa como esta ocupar espaços importantes na mídia para debater este tema tão importante que vitimiza no Brasília aproximadamente 200 pessoas por dia, ou seja, é a queda de um Boeing a cada 24 hs.

Tímida e isoladamente instituições como a ABETRAN, ABRASPE, ICETRAN e TRÂNSITO AMIGO, realizam em seus Estados de origem algumas atividades a exemplo da Associação Brasileira de Pedestres que promove a coleta de assinaturas num manifesto contra a resolução No 214 do CONTRAN, que alerta os motoristas quanto ao local dos medidores eletrônicos de velocidade, o que torna ineficaz o sistema de controle de velocidade em nossas ruas e rodovias.
Precisamos acordar para este problema, antes que ele bata a nossa porta, comprometendo-nos cada um com a educação doméstica para um trânsito seguro, só com a nossa mudança de consciência e conseqüentemente de atitude daremos passos sólidos para a transformarmos esta realidade, afinal aprender com exemplos não é a melhor forma de aprender - é a única forma de aprender, e se somos testemunhas vivas da prática da educação para um trânsito mais justo e mais humano estaremos disseminando e sendo multiplicadores da paz e do amor ao próximo nas nossas vias públicas.

Façamos então do Dia Mundial em memória das vitimas de trânsito, um momento particular de reflexão.
 
 
Fique de Olho!!!

Participar, na via, como condutor, de competição esportiva, eventos organizados, exibição e demonstração de perícia em manobra de veículo, sem permissão da autoridade de trânsito com circunscrição sobre a via.
 
 
Infração Gravíssima7 pontos + multa (5 x) de R$ 191,54
 
 
Você sabia ?
Que a maioria das colisões ocorrem em velocidade entre 40 à 50 Km/h.

 
Sinal verde para a informação

^Arquivos Relacionados ao Post de cima ^

Chegou a hora Paraíba vira o jogo
 


A eleição de Ricardo Coutinho para governar a Paraíba pelos próximos quatro anos, com mais de 1.070.000 votos, com uma votação que o credencia definitivamente para empreender as mudanças necessárias para implantar um novo modelo de gestão que profissionalize as ações administrativas e políticas do nosso Estado.

 O titulo deste artigo, que foi cantado em jingles com o coração por milhões de militantes girassóis espalhados por todo o Estado, conclamam esta nova Paraíba a virar o jogo do atraso na gestão pública, na saúde, na segurança, na infra-estrutura, na habitação, na agricultura, entre outras áreas e especialmente na segurança e na educação de trânsito.

 Acreditamos, pela pratica e pela história do governador eleito Ricardo Coutinho, que ele enfrentará com coragem e decisão os alarmantes índices de acidentes de trânsito na Paraíba.

 A juventude que foi às ruas em defesa deste novo projeto merece este compromisso do seu líder maior, não adianta aos jovens ver seus sonhos realizados com a assunção de Ricardo ao posto maior de comandante do nosso Estado e deixar de sonhar morrendo ou sendo mutilados nas estradas deste mesmo Estado.

 As obras estruturantes viárias realizadas por Ricardo Coutinho/Luciano Agra na gestão pública do município de João Pessoa, demonstram claramente esta determinação em encarar os problemas de frente visando sempre o futuro, com campanhas permanentes que levaram a nossa capital ao ranking daquelas em que a população já começa a respeitar a faixa dos pedestres.

 Esperamos ver o novo governo encarando decisivamente a questão dos transportes alternativos, da fiscalização eficiente aos centros de formação de condutores, dos ciclomotores que infernizam o trânsito em todo o Estado, do combate a corrupção nos órgãos governamentais e no combate aos corruptores, da qualidade do atendimento ao cidadão, da evasão de receitas pela fiscalização ineficaz, da aplicação correta e eficiente do dinheiro público na área fim dos órgãos executivos de trânsito sem desvios, da priorização da Educação de Trânsito e da autonomia financeira e tecnológica ao Departamento de Trânsito da Paraíba, entre outras ações emergentes para uma Educação continuada voltada a um trânsito mais seguro.

 Cada governo que passou fez ou tentou fazer a sua parte em prol da diminuição da violência no trânsito, mas o que precisamos verdadeiramente é anotar as estatísticas deste final de 2010 e compará-la com os números do final de 2014, e ai sim saberemos o resultado das ações implementadas e poderemos dizer para as famílias paraibanas que deixarão de perder seus filhos no trânsito: Foi Ricardo que fez.

 Por enquanto: deixa o mago trabalhar...

 

Fique de Olho!!!

DIRIGIR VEIC C/ VALIDADE DE CNH VENCIDA HA MAIS DE 30 DIAS

Infração Gravíssima: 7 pontos + multa de R$ 191,54

 

Você sabia?

A primeira estrada macadamizada do continente surgiu em 23 de julho de 1861 com a rodovia União Indústria (ligava os Estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais), com 144 km de extensão, sendo 96 km no estado do Rio de Janeiro e 48 km em Minas Gerais. 

 

WWW.TRANSITOWEB.COM.BR

Sinal verde para a informação

^Arquivos Relacionados ao Post de cima ^

A realização de um sonho

É incrível como após 12 anos de atraso a iniciativa louvável do Diretor Superintendente do Detran-PB Cel Francisco de Assis da Silva, que conseguiu junto ao Governo do Estado da Paraíba a publicação no Diário Oficial do último dia 16 de Outubro, do Decreto Nº 31.709 implantando a Escola Pública de Trânsito do Estado da Paraíba - EPTRAN-PB, não teve nenhuma repercussão na impressa do nosso Estado, focada única e exclusivamente na disputa eleitoral.

A implantação das Escolas Públicas de Trânsito é uma determinação do Código de Trânsito Brasileiro de 23 de Setembro de 1997 em seu artº 74 parágrafo 2º, e Estados como os nordestinos Pernambuco e Ceará, já tem as suas escolas implantadas que regulam os preços do mercado e atendem prioritariamente a suas populações carentes, e são tidas como experiências de sucesso e de resultados eficazes.

        Parabenizamos a coragem da atual diretoria do Detran da Paraíba, em dotar o nosso Estado deste equipamento fundamental a uma melhoria na Educação para o trânsito, através do zelo que o Departamento deverá ter com a qualidade do ensino de trânsito que será prestado pela EPTRAN, o que balizará a fiscalização  do órgão junto aos demais centros de formação de condutores, até porque, segundo Albert Schweitzer “Servir de exemplo não é a melhor forma de ensinar; é a única forma de ensinar ! ".

Antes tarde do que nunca a Escola Pública de Trânsito chega sob os aplausos e os anseios dos servidores do Detran/PB em colocar em prática anos e anos de aprendizados construídos com a participação e a organização de diversos cursos na área de trânsito, conhecimentos estes que agora estarão à disposição da sociedade paraibana especialmente dos mais carentes.

Será uma grande oportunidade para a criação definitiva, sistemática e permanente dos cursos de reciclagem onde colocaremos os nossos motoristas infratores de volta a cátedra para com muita seriedade e responsabilidade submeterem-se a uma nova aprendizagem de conceitos e conduta no trânsito e especialmente para que neles seja trabalhado a ética como valor fundamental.

A Paraíba resgata com esta iniciativa a esperança de termos no futuro um trânsito mais humano e mais digno para a conveniência harmoniosa da sociedade, reafirmando que valeu a pena à luta de tantos abnegados, como o Prof. Samuel Correia de Aragão, o especialista em trânsito Manoel Soares, a equipe incansável da Divisão de Educação de Trânsito do Detran, entre tantos outros.

Esta ação demonstra o interesse direto da diretoria do Detran/PB, na pessoa do seu superintendente Cel Francisco em priorizar a Educação de Trânsito, conforme preceitua o caput do artº 74 do CTB.

Medidas como esta reinflamam em todos os servidores do Detran/PB novo animo na perspectiva de vitória nesta guerra sangrenta que disputamos dia a dia contra a violência no trânsito.

 

Fique de Olho!!!

Deixar o condutor envolvido em acidente com vítima de adotar providências, podendo fazê-lo, no sentido de evitar perigo para o trânsito no local.

Infração Gravíssima7 pontos + multa de R$ 191,54

 

Você sabia ?

O primeiro Código de Trânsito do Brasil, foi o Decreto -Lei nº 3.671 de 25 de setembro de 1941, mas de maneira esparsa, algumas Leis já tratavam do trânsito desde 1910, como Decreto nº 8.324 de 27 de outubro daquele ano, que cuidava do serviço subvencionado de transporte por automóveis.

 

Não Dirija Se...

... Não estiver em boas condições físicas e psicológicas, sofrendo de fadiga, sonolência ou após ingerir bebidas alcoólicas ou substâncias entorpecentes.

 

WWW.TRANSITOWEB.COM.BR

Sinal verde para a informação

 

^Arquivos Relacionados ao Post de cima ^

Estacionamento privado ou público como diferenciar

Fico preocupado com a proliferação na cidade de João Pessoa capital do Estado da Paraíba, dos estacionamentos com meio fio totalmente rebaixados.

Estes estacionamentos, no momento em que aumenta o número de veículos per capita em todo o Brasil, se não utilizados na forma da lei, ferem o principio da democracia, pois cerceiam ao condutor o direito ao seu livre estacionamento no leito da rua em locais onde não existam placas de proibição.

Sinalizados com placas como “Estacionamento privativo a clientes. Sujeito à Reboque.” ou “Não nos responsabilizamos por seu veículo ou objetos deixados em seu interior”, estes estacionamentos precisam ser imediatamente fiscalizados e democratizados pelas autoridades de trânsito responsáveis, pois a cada dia se avolumam os problemas entre proprietários de estabelecimentos comerciais, clínicas médicas, laboratórios, órgãos públicos entre outros e os condutores de veículos, que além de serem privados das suas vagas de estacionamento no leito da rua, ainda tem que travar embates diariamente com os proprietários que pensam que as vagas criadas por eles através de meio fio totalmente rebaixado são privadas e de uso restrito a ele e aos seus clientes. E a ausência da ação do poder público nestes casos pode custar caro ao cidadão, seja ele proprietário ou condutor, pelas conseqüências de danos físicos ou materiais, que possam redundar destes embates.

A Superintendência de Transportes e Trânsito de João Pessoa embasada no código de urbanismo da cidade regulamentou estes estacionamentos através da portaria nº 47 de Agosto de 2002, que determina especificamente sobre este tema no seu art. 11º que: “Ao rebaixar totalmente o meio fio para fins de estacionamento, a utilização deste passa a ser pública, não devendo ser utilizadas correntes, placas, letreiros ou qualquer outro elemento que iniba, bloqueie ou impeça a utilização do mesmo”.

Para que o estacionamento seja considerado privativo o proprietário deverá rebaixar o meio fio criando apenas uma entrada para o seu estacionamento, deixando as demais vagas de estacionamento no leito da rua, podendo então desfrutar da sua área interna na forma de um estacionamento privado, onde deverá dar a garantia aos veículos lá estacionados da segurança necessária conforme já definiu o STJ na sua sumula de No 130 que traz no seu bojo que “a empresa responde, perante o cliente, pela reparação de dano ou furto de veículo ocorridos em seu estacionamento”, aplicando-se esta norma a todos os estacionamentos sejam gratuitos ou pagos na forma do que preceitua o Código de Defesa do Consumidor.

É necessária uma ação enérgica e decisiva do poder público municipal para devolver à sociedade a garantia legal da utilização dos estacionamentos públicos, rompendo as correntes, placas e letreiros que desrespeitam a norma vigente e afrontam as autoridades de trânsito com jurisdição sobre o município de João Pessoa.

 

Fique de Olho!!!

Dirigir veículo com validade da carteira Nacional de Habilitação vencida há mais de trinta dias

Infração Gravíssima7 pontos + multa de R$ 191,54

 

Você sabia ?

Aconteceu em 1903 a primeira viagem de automóvel entre as cidades de São Francisco e Nova York. Levou exatos 52 dias.

 

WWW.TRANSITOWEB.COM.BR

Sinal verde para a informação

^Arquivos Relacionados ao Post de cima ^

O jovem e a motocicleta

A cada 24 horas 23 jovens perdem a vida em acidentes de moto, esta constatação feita através de pesquisa realizada pelo hospital das clinicas de São Paulo, nos remete a uma seria avaliação do que estamos fazendo para evitar a perda de tantos jovens, o futuro deste país, nas vias do nosso trânsito.

Somem-se a isso os volumosos valores financeiros que saem dos cofres públicos através do SUS, na ordem de 35 mil reais por acidentado, para manter as vítimas não fatais internadas nos hospitais públicos.

Mesmo aqueles que trafegam a baixas velocidades, se não dirigirem defensivamente e observando os cuidados devidos, ao envolverem-se em acidentes, mesmo numa velocidade média de 70 por hora, o impacto de um homem de 70 quilos contra, por exemplo, um muro é de 13 toneladas.

Esta semana o CONTRAN determinou a realização de cursos para motofretistas e mototaxistas, que para dirigirem profissionalmente precisam de um preparo especial. Ponto positivo para as autoridades de trânsito, mais uma medida que vem ao encontro das necessidades básicas de educação de trânsito.

Mas sabemos que nada substitui a conscientização do condutor através de uma eficiente e eficaz Educação de Trânsito, desde o ensino fundamental, passando pela criança ainda em seu seio familiar com as lições máximas de exemplo oferecidas por pais, familiares e amigos.

Motoboy terá aula de ética e autocontrole

Com um trabalho em que se passa por engarrafamentos e entre frestas de carros, os motoboys terão de passar, a partir de 15 de dezembro, por um curso de formação, que prevê no conteúdo programático aulas de ética e "autocontrole". A carga horária de 30 horas-aula está prevista em uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito publicada ontem. A resolução é uma das duas previstas pelo Contran para criar regras específicas de mototáxi e motofrete. "Pretendemos em breve publicar a resolução que vai tratar dos equipamentos de segurança", diz o diretor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Alfredo Peres da Silva. Dentre os itens que serão obrigatórios estão protetor para pernas (o mata-cachorro) e uma antena (corta-pipa).

Em relação à formação, a resolução prevê que o conteúdo seja focado, além de autocontrole, em noções básicas de legislação, segurança, capacidade de lidar com imprevistos e elaboração de rotas alternativas, por meio do conhecimento da cidade. No caso de motoboys, as aulas preveem estudo sobre pontos críticos de fluidez e de segurança no trânsito; para mototaxistas, há orientações de atendimento, visando à qualidade do serviço.

O texto também determina que para trabalhar nessas categorias é preciso ter pelo menos 21 anos e habilitação por pelo menos dois anos na categoria A. Ainda é necessária a aprovação em curso especializado e vestir colete de segurança com dispositivo retroreflexivo.

"A regulamentação era primordial para organização, seleção e qualificação dos profissionais", avalia o presidente do Sindicato dos Motoboys de São Paulo, Gilberto Almeida. "Sou motoboy há oito anos. A gente só vai conseguir respeito e melhorar tudo com organização e regulamentação, até mesmo para a questão de salários." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

 

Fique de Olho!!!

Levar menor de 10 anos no banco da frente:

Infração Gravíssima7 pontos + multa de R$ 191,54

 

Você sabia ?

Que 60% da poluição atmosférica vem dos automóveis e que pessoas que passam o dia todo no trânsito, inalam mais monóxido de carbono que um fumante..

 

WWW.TRANSITOWEB.COM.BR

Sinal verde para a informação

 

 

^Arquivos Relacionados ao Post de cima ^

A certeza da impunidade

Mais uma vez acordamos assustados com as noticias, de mais uma mega operação policial para prender fraudadores de processos de emissão de Carteiras Nacionais de Habilitação, emitidas pelos Departamentos Estaduais de Trânsito. A Operação Espelho de Prata está sendo realizada na Paraíba em diversas cidades da Estado e em outros Estados, visando coibir esta prática e punir os infratores. 

Cabe-nos neste momento proceder a uma reflexão sobre a insistência desta prática, o porquê de após tantas outras operações policiais com prisão de servidores públicos, dirigentes de Centro de Formação de Condutores e Despachantes continuamos a ver enraizado em nossa sociedade a cultura da corrupção ativa e passiva. 

Acreditamos que a certeza da impunidade tem sido o fator predominante. Mais de 80% destas ações policiais, segundo estatística publicada pela revista Veja, tem como resultado final em grau de julgamento, na liberação e absolvição dos supostamente envolvidos. 

Então partimos para duas primícias básicas, ou os inquéritos policiais estão contaminados de erros e condutas ilegais, que proporcionam a sua ineficácia, ou a justiça realmente não nem feito o seu papel julgador e aplicador da lei com a isenção necessária a devida punição dos culpados. 

Outro foco importante é a necessidade de que os órgãos de trânsito debrucem-se com responsabilidade e profissionalismo, sobre estes inquéritos para encontrar no seu bojo o “modus operandi” utilizado e assim tomar às medidas corretivas necessárias a eliminação destas janelas do sistema, sejam técnicas ou humanas. 

Além de promover a educação ética profissional como diferencial de conscientização aos servidores públicos. 

Só assim, os órgãos de trânsito sairão definitivamente das páginas policiais para entrar com força e eficiência nas páginas de educação para um trânsito mais seguro e mais humano. 

 

Dispositivo mecânico para vidros de carros poderá ser obrigatório

A Câmara analisa o Projeto de Lei 7101/10, do deputado Íris Simões (PR-PR), que torna equipamento obrigatório em veículos o dispositivo mecânico para abrir e fechar vidros em caso de pane do sistema elétrico. Atualmente, muitos carros são vendidos apenas com o sistema elétrico. A proposta acrescenta a obrigatoriedade ao Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97).

Segundo o deputado, esses dispositivos são equipamentos de segurança importantes. “Em caso de pane, os vidros elétricos são um entrave às ações de urgência, como salvamento de vítimas de acidentes, ou de necessidade de abandono do veículo pelos passageiros em situações de perigo”, disse Íris Simões.

 

Fique de Olho!!!

Dirigir ameaçando pedestres que estejam na via pública:

Infração Gravíssima7 pontos + multa de R$ 191,54

 

Você sabia ?

Que o primeiro Código de Trânsito do Brasil, foi o Decreto -Lei nº 3.671 de 25 de setembro de 1941, mas de maneira esparsa, algumas Leis já tratavam do trânsito desde 1910, como Decreto nº 8.324 de 27 de outubro daquele ano, que cuidava do serviço subvencionado de transporte por automóveis.

 

WWW.TRANSITOWEB.COM.BR

Sinal verde para a informação

 

 

 

 

 

 

 

^Arquivos Relacionados ao Post de cima ^

Transporte adequado para as nossas crianças

Agora é para valer, a partir da próxima quarta-feira, dia 09 de Junho, crianças de até sete anos e meio deverão ser transportadas obrigatoriamente no banco traseiro e em dispositivos de retenção, acima dessa idade deverão utilizar o cinto de segurança do veículo.

Conforme determina a resolução 277 do CONTRAN, crianças de até um ano de idade deverão ser transportadas no equipamento denominado conversível ou bebê conforto, crianças entre um e quatro anos em cadeirinhas e de quatro a sete anos e seis meses em assentos de elevação. Os dispositivos de retenção não serão exigidos para os veículos com peso bruto total superior a 3,5t, os de transporte coletivo, táxi e escolares.

A penalidade aplicada será a prevista no artigo 168 do Código de Trânsito Brasileiro, que considera a infração gravíssima e prevê multa de R$ 191,54, sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação e a retenção do veículo até que a irregularidade seja sanada.

Mais uma ação que soma ao esforço pela segurança no trânsito, principalmente no quesito equipamentos obrigatórios, vamos torcer para que as autoridades responsáveis façam valer mais esta resolução através da efetiva fiscalização e principalmente pela força da educação de trânsito.

Aparelho que lê seus e-mails e mensagens no trânsito

Se você é uma pessoa que não pode se desligar do celular nem mesmo no trânsito, o speakerphone BlueAnt S4 será uma ótima opção. Através do Bluetooth, fica fácil realizar chamadas, comandar por voz o aparelho e programar até 2000 frases-atalhos para chamadas.

Além dessa praticidade de poder colocá-lo em qualquer lugar, o BluAnt pode ser usado para a leitura em voz alta de seus e-mails, fazer streaming de músicas, podcast e transmissão de áudio do GPS pelo celular, através de um programa chamado Vlingo SafeReader.

A bateria consegue suportar até 20 horas de uso ou 700 em standby. O BluAnt S4 está custando cerca de 99 dólares, na BluAnt.

 

Fique de Olho!!! 

 

Dirigir com a carteira já vencida há mais de 30 dias:

Infração Gravíssima7 pontos + multa de R$ 191,54

 

Você sabia ?

Que uma pessoa atropelada a uma velocidade de 60Km/h equivale a uma queda do 11º andar de um prédio, a 80Km/h do 20º andar e se for a 120Km/h como se fosse do 45º andar.

 


WWW.TRANSITOWEB.COM.BR

Sinal verde para a informação

 

 

^Arquivos Relacionados ao Post de cima ^

100 anos de legislação de trânsito

Com o lançamento da Edição Comemorativa “Cem Anos de Legislação de Trânsito no Brasil”, que teve o objetivo de resgatar a história da legislação de trânsito, de 1910 a 2009, o DENATRAN aproveitou o momento festivo para homenagear todos os seus ex-diretores e autoridades políticas e civis que contribuíram de alguma forma para o aperfeiçoamento do trânsito no Brasil.

Cem anos de história, que demonstra uma luta incessante contra a violência no trânsito, o seu disciplinamento e organização e a educação humana para a sua convivência.

Muito se avançou, muito mais resta a avançar. Nestes anos de legislação de trânsito, verificamos que o seu descumprimento tem sido um dos principais fatores do aumento da incidência dos chamados eventos de trânsito, termo comumente usado pelo jurista Cássio Mattos Honorato.

Lamentável que o próprio poder público seja o principal infrator no descumprimento desta legislação, quando não há regulamenta, ou demora a fazê-lo ou ainda omite-se na sua aplicação de forma séria, eficiente e eficaz.

Esperamos que este marco divisor de época, que gerou esta edição comemorativa de alta qualidade cientifica para pesquisas, possa servir de incentivo para que juristas, especialistas e estudantes, debrucem-se cada vez mais sobre este tema, para que num curto espaço de tempo possamos encontrar as soluções necessárias para iniciarmos uma descida constante nos índices de eventos de trânsito no nosso país e para deixarmos de ser índices negativos nas estatísticas mundiais sobre trânsito.

 

Presenças ilustres

O evento, entre outras autoridades, contou com a presença do diretor geral do Denatran Alfredo Peres, do deputado federal Beto Mansur, um dos relatores do atual Código de Trânsito e dos ex-presidentes do Contran, Ailton Brasiliense, Marcos Cabral, Roberto Salvador Scaringella. Os ex-presidentes do Contran, Kasuo Sakamoto e Celso Horta Murta foram representados pelos seus filhos Daniel Sakamoto e José Carlos Freire Murta.

O Diretor presidente do Conselho Federal dos Despachantes Documentalistas do Brasil, o paraibano Carlos Alberto Assis Montenegro, também participou do lançamento da edição comemorativa “Cem Anos de Legislação de Trânsito no Brasil”, no evento realizado pelo Ministério das Cidades, Departamento Nacional de Trânsito e Conselho Nacional de Trânsito no centro de eventos e convenções Brasil XXI m Brasilia/DF

 

Fique de Olho!!!

Avançar sinal vermelho do semáforo:

Infração Gravíssima: 7 pontos + multa de R$ 191,54

(*) A habilitação será suspensa sempre que o condutor somar 20 pontos em 12 meses. 

 

 

Você sabia ?

Segundo relatos as situações que mais causam acidentes ou sustos no trânsito são as seguintes:

* Separando uma briga dos filhos - 26%

* Apagando cigarro - 22%

* Usando o laptop - 21%

* Conversando com um passageiro - 18%

* Falando ao celular - 13%

 

 

WWW.TRANSITOWEB.COM.BR

Sinal verde para a informação

^Arquivos Relacionados ao Post de cima ^

A relação humana e o trânsito

Estudos são feitos diariamente pelos órgãos de trânsito, instituições afins e universidades, buscando entender a realidade do nosso cotidiano no que se refere ao aumento dos acidentes de trânsito. Mais condutores nas ruas, veículos em demasia, estradas sem condições, sinalização inadequada e insuficiente, entre tantas alternativas que podemos elencar que contribuem decisivamente para a afirmação desta triste realidade. 

Acreditamos firmemente que o fator humano é preponderante nesta relação, senão vejamos, “segundo a pesquisa de Cláudia Monteiro, realizada quando ela lecionava na Universidade da Amazônia (Unama), são os novos motoristas que mais cometem infrações no trânsito, mas, ainda assim, podem ser considerados os mais cautelosos, justamente porque quem mais se envolve em acidentes são os que têm mais tempo de habilitação” 

Estudo recente da Universidade Federal do Maranhão, revela que “quem mais se irrita diante das situações cotidianas e é agressivo no trânsito é jovem e tem pouco tempo de experiência ao volante. Já os que mais se envolvem em acidentes são os que têm mais experiência ao volante”. 

Avaliando estas afirmativas conclusivas e referendadas por pesquisas realizadas em universidades federais, concluímos que a relação humana é eivada de distúrbios e direcionamentos que muitas vezes não condizem com a realidade que julgamos exata, na nossa concepção. 

Parece-me que voltamos ao cerne da questão onde a experiência e a prática não substituem a formação, visto que novos condutores ainda com conceitos vivos na mente e principalmente referendados pela cautela de descobrir o novo, envolvem-se em menos acidentes do que aqueles que em cima da sua experiência e de uma pseudo segurança no dirigir, esquecem que no trânsito dirigir defensivamente e dar a preferência a quem a têm, são regras básicas para preservação da vida. 

Sancionada lei que dá passe gratuito a portadores de câncer 

O Estado da Paraíba, sancionou lei criada pelo deputado estadual Quinto de Santa Rita (PMDB) prevendo o acesso gratuito dos portadores de câncer e seus acompanhantes nos ônibus intermunicipais. Para ter acesso ao benefício, o paciente tem que comprovar renda igual ou inferior a quatro salários mínimos. 

Ainda de acordo com a lei 9.115, caberá à Secretaria de Segurança Pública emitir a carteira de identificação do portador de câncer, mediante a apresentação de um laudo médico assinado por profissionais autorizado. É necessário, ainda, apresentar comprovantes de renda e residência, além do documento de identidade. 

“Comprovadamente o poder público tem que disponibilizar muito mais recurso financeiro ao deixar um paciente com câncer em casa, sem acesso ao tratamento. Notadamente, em casa, o paciente piora. Saúde é um direito de todos e dever do Estado, e não basta oferecer o tratamento, é fundamental que se garanta também o acesso” comentou o deputado Quinto de Santa Rita. 

ONU proíbe que seus motoristas enviem mensagens de texto ao dirigir 

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-Moon, anunciou que proibiu todos os motoristas da entidade de enviar mensagens de texto por celular enquanto dirigem, um esforço para conter uma prática que mata milhares de pessoas todos os anos. 

"Quero que todo motorista no mundo receba a mensagem: enviar mensagens na direção mata", disse Ban. 

A embaixadora dos Estados Unidos da ONU, Susan Rice, e o secretário de Transportes, Ray LaHood, disseram que somente nos EUA cerca de 6 mil pessoas morreram e mais de 500 mil ficaram feridas em acidentes causados pela "direção distraída" em 2008. 

Cerca de 32 países, inclusive o Brasil, têm leis que restringem o uso de aparelhos celulares na direção.

 

Fique de Olho!!! 

A fiscalização do uso dos equipamentos de retenção, bebê conforto, cadeirinha e assento de elevação, será iniciada em 09 de junho de 2010.

 

Você sabia? 

O Império Romano em meados do primeiro século antes de Cristo, já lidava com o congestionamento do tráfego em Roma, no qual, uma das primeiras medidas de Júlio César, foi banir o tráfego de "rodas", durante o dia, no centro de Roma. Mais tarde, foi limitado o número de carruagens que poderiam entrar na cidade.

 

www.transitoweb.com.br 

Sinal verde para a informação 

^Arquivos Relacionados ao Post de cima ^

Campanha: A Paz no trânsito, a gente que faz, uma iniciativa louvável

A campanha “Paz no trânsito, a gente que faz” que será lançada pelo Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba no ginásio de esportes do Colégio Estadual Lyceu Paraibano, na próxima sexta-feira (14) é digna dos nossos aplausos, pois pretende convocar toda a sociedade paraibana para uma grande cruzada contra a violência no trânsito, através de uma mudança cultural que começa na adoção de um comportamento mais educado e mais humano no trânsito. 

Alunos de escolas públicas das imediações e especialmente do Colégo Lyceu Paraibano participarão de atividades, com o tema a paz no trânsito e serão contempladas com apresentações de paródias e de peças teatrais com mensagens educativas sobre segurança no trânsito. 

Aplaudimos a iniciativa por entendermos que, qualquer ação voltada a minimizar as ocorrências de trânsito no nosso Estado, passa obrigatoriamente por um processo permanente de Educação de Trânsito através da conscientização e formação do cidadão, do condutor e do pedestre, utilizando-se para isso destas Campanhas e Comandos Educativos e como solução definitiva a implantação do ensino de trânsito na base escolar que forma o indivíduo que é o ensino fundamental. Parabéns e sucesso a valorosa equipe da Divisão de Educação de Trânsito daquela instituição, que comandará com competência mais esta campanha. 

Agora é pra valer 

O Contran definiu através da Resolução No 347/2010 de 12 de maio de 2010, que o percentual de 20% das aulas práticas de direção veicular devem ser realizadas no período noturno, regulamentando assim a Lei n° 12.217/2010, que tornou obrigatória a realização de parte da aprendizagem de direção veicular à noite. 

O anexo I do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), define como período noturno aquele compreendido entre o pôr-do-sol e nascer do sol, cabendo a esses órgãos definir o horário das aulas dentro desse período. 

Do total de 20 horas/aula exigidas para obtenção da Autorização para Conduzir Ciclomotores (ACC) ou Carteira Nacional de Habilitação (CNH), 4 horas serão realizadas à noite e em casos de adição ou mudança de categoria, serão 3 horas das 15 horas exigidas.

Idosos poderão ser isentos em estacionamento privado 

Depois de conquistarem o direito das vagas reservadas em estacionamentos, os idosos podem também ficar isentos de pagar estacionamento privado.

A Comissão de Seguridade Social da Câmara aprovou projeto (PL 2786/08) do deputado Vinícius Carvalho, do PTdoB do Rio de Janeiro, que cria esse benefício e prevê prisão de seis meses a um ano, mais multa, para quem desrespeitar esse direito. 

De acordo com Vinícius Carvalho, a cobrança de preços abusivos em estacionamentos privados, como shoppings e supermercados, desencoraja muitos idosos a usar as vagas reservadas para eles. O projeto que dá gratuidade aos idosos em estacionamentos privados aguarda análise da Comissão de Constituição e Justiça. 

Fique de Olho !!! 

Detran-PB: Licenciamento 2010 

Atenção proprietários de veículos, dia 31 de maio é o prazo final para:  

Final 5: 3ª parcela do IPVA ou cota única e licenciamento;

Final 6: 2ª parcela do IPVA;

Final 7: 1ª parcela do IPVA ou cota única com redução de 10%;  

Você sabia ? 

Que em 30 de julho de 1893, na cidade de Salvador -BA, foi inaugurado o Hospital Santa Izabel e que os transporte dos doentes do antigo Hospital para o novo foi realizado em bondes especiais (de tração animal), emprestado pela empresa que fazia o transporte de passageiros na cidade. A distância era próxima a 5 km.  

www.transitoweb.com.br 

Sinal verde para a informação

^Arquivos Relacionados ao Post de cima ^