Rotary Club de São Miguel recebe mais um título Paul Harris
 
Esse foi o 5º título recebido pelo clube desde sua fundação em 1977
 
O Rotary Club de São Miguel do Iguaçu entregou na noite da última terça-feira (22) mais um título Paul Harris, recebido por ter colaborado com a Fundação Rotária no valor de U$ 1.000. O rotariano Ademir José Jung foi beneficiado com o título depois de um sorteio realizado entre todos os rotarianos.
Esse é o 5º título recebido pelo Rotary SãoMiguelense desde sua fundação em 1977. Os outros premiados foram: Ferdinando Pagot, Durval de Quadros, Ervino Ghellere e Eliseu Tombini.
 
AI: Ademir José Jung (8406-0108)
Data: SMI – 23-02-11

^Arquivos Relacionados ao Post de cima ^

24 de outubro é o dia Mundial da Pólio
 

             A Organização das Nações Unidas (ONU) definiu o dia 24 de outubro como o Dia Mundial da Pólio. É um dia para se lembrar que a Paralisia Infantil é uma doença que ainda assola algumas comunidades pelo mundo. O Rotary Club Internacional tem como principal bandeira a erradicação dessa doença.
            A Governadora Assistente do Distrito 4.640, Ivone Terezinha Carletto de Lima, disse que essa data é uma forma de lembrar que hoje alguns lugares do Planeta sofrem com essa doença. “Temos de continuar com a campanha para sua erradicação e que não retorne em paízes que já a superaram como o Brasil”.
            O Presidente do Rotary Club de São Miguel, Armando Luiz Polita, lembrou que o Rotary tem uma grande participação na erradicação da pólio. “O mundo unido vai conseguir erradicar de vez esse mal”.
Pólio Plus é um programa especial do Rotary Internacional ao qual foi dada a mais alta prioridade entre todos os outros programas até que a completa erradi­cação da poliomielite seja alcançada. A meta do programa Pólio Plus é a certificação da erradicação global da poliomielite. Após vários anos de envolvimento com atividades relacionadas ao combate à doença, o Rotary lançou o programa Pólio Plus em 1985.
            Em 1988 os rotarianos já haviam angariado US$240 milhões e mobilizado milhares de voluntários para colaborar em campanhas nacionais de imunização, e atividades de erradicação da poliomielite no mundo inteiro.   O Rotary contribuiu com mais de US$600 milhões para a causa.
            Além de providenciar e ministrar as vacinas, o programa Pólio Plus inclui também qualquer atividade diretamente ligada à erradicação da poliomielite, entre elas, apoio aos Dias Nacionais de Imunização, controle do vírus através de programas de vigilância, e vacinação de crianças vulneráveis a contrair a doen­ça em lugares remotos. Inclui também a difusão da necessidade e benefícios do investimento de fundos adicionais para a erradicação da poliomielite entre os governos nacionais e outras possíveis fontes de financiamento.
            Propostas de subsídios para apoiar as atividades de erradicação são desen­volvidas por meio de mecanismos formais de consulta com os parceiros apro­priados da Comissão Coordenadora Interagências, como Ministérios da Saúde, Unicef e Organização Mundial da Saúde.
 
 
AI: Ademir José Jung (45)8406-0108
Data: SMI – 20-10-10

^Arquivos Relacionados ao Post de cima ^

Rotarianos percorrem centenas de Km para distribuir vacina da pólio
 


 

 Rotarianos percorrem centenas de Km para distribuir vacina da pólio
 
            Como acontece em todas as etapas da campanha de vacinação contra a paralisia infantil, os 37 rotarianos de São Miguel do Iguaçu percorrem centenas de km para levar as vacinas contra a pólio em diversos pontos distribuídos na cidade e no interior do município. E não foi diferente no último sábado (14) quando aconteceu a segunda etapa da vacinação. Eles são responsáveis pela distribuição das vacinas desde a Secretaria de Saúde até os pontos de vacinação.
            Os rotarianos chegam à Secretaria de Saúde por volta das 07horas da manhã para receber as vacinas e distribuí-las nos pontos. E por volta das 17horas estão nesses mesmos locais para recolhê-las e trazer novamente até a secretaria municipal de saúde.
            O presidente do Rotary de São Miguel, Armando Luiz Polita, disse que a campanha foi muito boa e todos os companheiros fizeram sua parte. “Tenho certeza que os pais ou responsáveis também fizeram sua parte”.
 
 
AI: Ademir José Jung (8406-0108)
Data: SMI – 16-08-10
Anexo foto do momento em que os rotarianos recebiam as vacinas na Secretaria de Saúde para distribuí-las nos diversos pontos da cidade e do interior

^Arquivos Relacionados ao Post de cima ^

Importância de Rotary Club na comunidade

O Rotary Club é uma entidade que faz um bem imenso para uma comunidade. Ele é responsável pela elaboração de projetos e atividades que buscam o bem estar das pessoas e que atendam suas necessidades.

Vou citar o exemplo do Rotary Club de São Miguel do Iguaçu-PR. Entre os projetos e eventos desenvolvidos se destacam o concurso de caligrafia, festival da polenta, café colonial, etc.  Grande parte dos recursos arrecadados são enviados à Fundação Rotária, responsável financeira da vacina contra a pólio.

O concurso de caligrafia movimenta mais de 7.000 alunos do município. É um dos projetos mais antigos da cidade e que incentiva a boa escrita.

O festival da polenta e o café colonial reúnem uma centena de pessoas que aproveitam as coisas boas da vida além de colaborar com a erradicação da pólio no mundo.

O Rotary Club de São Miguel tem vários parceiros com destaque para a Sociedade Pestalozzi.  Ela colabora na realização dos inúmeros eventos e parte dos recursos são a ela destinados que tem por objetivo cuidar de nossas crianças especiais.

Outras ações do Rotary buscam também a conscientização da comunidade. Devido ao crescente número de acidentes em São Miguel do Iguaçu, a entidade realizou um trabalho de conscientização junto aos motoristas e pedestres da importância de se respeitar as leis de trânsito.

Portanto, feliz de uma cidade que tem o seu Rotary Club.

  

Texto: Ademir José Jung

Data: SMI – 16-04-10

^Arquivos Relacionados ao Post de cima ^